Olimpíada Brasileira de Matemática: 236 estudantes capixabas premiados

O Espírito Santo garantiu 17 medalhas de ouro, 59 de prata e 160 de bronze

Alunos medalhistas posam em frente ao Palácio Anchieta – Foto: Leonardo Duarte/Secom

A 13a. edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) premiou 236 estudantes capixabas com 17 medalhas de ouro, 59 de prata e 160 de bronze em cerimônia estadual realizada nesta quinta-feira (20). Os medalhistas de ouro também foram presenteados pela Fundação Jônice Tristão com um smartphone. 


Aulas Particulares de Calculo, Física e Matemática”

(11) 97226-5689  Cel/WhatsApp

(11) 2243-7160  Fixo

email: fabio.ayreon@gmail.com


A competição contou com mais de 17 milhões de inscritos em todo o Brasil, dentre os quais 318.437 eram alunos de escolas do Espírito Santo, cursando os últimos anos do Ensino Fundamental ou o Ensino Médio das escolas públicas municipais, estaduais, federais e também privadas. 

O governador, Paulo Hartung, comentou a conquista trazendo experiência vivida em um seminário sobre educação, em que assistiu uma aula com o ex-ministro da Coreia do Sul. “Ele contou como avançaram na educação. A área foi elencada como prioridade. Nosso principal desafio aqui é transformar a educação básica do país. Estou muito orgulhoso dos nossos alunos. Mais do que fazer uma imagem, vamos fazer uma foto na porta do Palácio Anchieta, sede do Governo, e demonstrar que a educação é prioridade em nosso Estado”, destacou.

O secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, por sua vez ressaltou os objetivos principais do evento, que, em sua visão, são premiar os estudantes e chamar a atenção para a importância da Matemática. Haroldo acrescentou que os alunos capixabas vêm conquistando cada vez mais medalhas. 

O coordenador regional da OBMEP e professor da Ufes, Florêncio Guimarães, agradeceu e elogiou os professores pela participação e incentivo aos estudantes na participação da Olimpíada. “Hoje, temos aqui estudantes de 11 municípios recebendo as medalhas de ouro. Isso é muito gratificante”, declarou. 

OBMEP

Promovida pelos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Educação, a Olimpíada Brasileira da Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e tem por finalidade revelar talentos na área. Para incentivar a participação de estudantes, são distribuídos materiais didáticos, além de disponibilizadas bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento aos envolvidos. A olimpíada também prepara cerca de 30 medalhistas de ouro por ano para competições internacionais. 

Estudantes Capixabas da Rede Pública

No estado os alunos da rede pública de ensino tiveram, pelo terceiro ano consecutivo, a oportunidade de aprimorar conhecimentos matemáticos por meio do “Programa Matemática na Rede: preparando campeões”, desenvolvido em parceira com a Coordenação Regional da OBMEP/ES, além da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e da Fundação Jônice Tristão. 

Por meio desta iniciativa, as escolas da rede pública estadual organizam atividades de monitoria em Matemática com os estudantes, sob a coordenação de professores da disciplina da unidade. A finalidade é fazer com que os jovens participem de aulas de aprofundamento, sejam monitores do reforço escolar para outros estudantes e participem, cada vez mais, de competições e feiras relacionadas à matéria. 

Fonte: gazetaonline.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *